Este site não está atualizado, consulte o site do agrupamento atualizado em www.aeffl.pt
Siga-nos RSS Facebook Twitter
21 de novembro de 2019
  • Decrease font size
  • Default font size
  • Increase font size

A maior parte do tempo de um escritor é passada na leitura, para depois escrever; uma pessoa revira metade de uma biblioteca para fazer um só livro.
Samuel Johnson 

 
Um romance é como um arco de violino, a caixa de ressonância é a alma do leitor.
Stendhal

 
É claro que os meus filhos terão computadores, mas antes terão livros.
Bill Gates (Fundador da Microsoft)

 
O oposto de uma afirmação correcta é uma afirmação falsa. Mas o oposto de uma verdade profunda pode ser outra verdade profunda.
Niels Bohr

 
A melhor prova de que a navegação no tempo não é possível é o facto de ainda não termos sido invadidos por massas de turistas vindos do futuro.
Stephen Hawking

Início Contrato de Leitura Sugestões para o Contrato de Leitura - 11º ano
Sugestões para o Contrato de Leitura - 11º ano PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Sugestões para o Contrato de Leitura - 11º Ano

O Retrato de Dorian Gray
Autor: Oscar Wilde
Editora: Público

Em o Retrato de Dorian Gray revela-se-nos e esteticismo de Oscar Wilde: a procura de sensações, a superação do verdadeiro artista sobre as regras da sociedade ou da moral. Nesta obra, a personalidade dividida de Dorian Gray é representada por uma inversão misteriosa da ordem natural, através da qual a sua verdadeira face conserva a juventude inviolada enquanto o retrato é macerado pelo passar dos anos, até ao dia em que a faca cravada na tela reconduz à arte a sua serenidade impassível e ao ser vivo a sua transição para a morte.

 

 
O tesouro
Autor: Morris West
Editora: Europa-América

Corria o ano da graça de 1732 quando um galeão espanhol zarpou de Acapulco com destino às Filipinas…onde nunca chegou a ancorar… Duzentos anos depois, Renn Lundingan, um professor de História australiano, decide procurá-lo…

 

 

 

A relíquia
Autor: Eça de Queiroz
Editora: Temas e Debates

Romance saído em folhetins na Gazeta de Notícias, cuja epígrafe se tornou célebre - "Sobre a nudez forte da verdade, o manto diáfano da fantasia" - por sintetizar a aliança entre realismo e imaginação, naturalismo e fantástico, patente na obra.Da intriga central - a viagem do Teodorico à Terra Santa, de onde traz, não a relíquia que prometera à tia beata, mas sim, por lapso, a camisa de dormir de uma amante - sobressai o sonho ou a viagem no tempo do protagonista, que, acompanhado pelo seu erudito amigo Dr.Topsius, assiste à pregação, julgamento e morte de Jesus.A obra, que exalta a figura humana de Cristo, como paradigma de amor e de bondade, foi considerada herética pelos sectores mais conservadores, por questionar a divindade de Cristo.